A forte massa de ar polar que entrou no centro-sul do Brasil derrubou a temperatura no Estado de São Paulo. Segundo as observações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas mínimas registradas no amanhecer desta quarta-feira foram as mais baixas de 2010.

No município de São Paulo, a temperatura mínima no Mirante de Santana, na zona norte, foi de 12,7ºC. Além de ser o novo recorde do ano, esta foi a mais baixa temperatura para o mês de abril, desde 2003, quando fez 12,3ºC.

No interior paulista, os valores foram ainda mais baixos. Em Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira, a mínima foi de 6,9ºC. O norte e o oeste de São Paulo esfriaram muito na madrugada desta quarta-feira. A temperatura baixou para 9,8ºC em São Simão e 10ºC em Ituverava. Em Votuporanga, a mínima foi de 11,6ºC. Em Pradópolis houve 11,3º. Em Presidente Prudente e em Lins, a temperatura baixou para 13ºC. As cidade das áreas centrais e sul do Estado também registraram as menores temperaturas de 2010.

No litoral, a temperatura baixou para 16,9ºC em Iguape e Guarujá amanheceu com 18ºC. A forte massa de ar frio vai influenciar São Paulo e todo o centro-sul do Brasil nos próximos dias. O frio vai persistir à noite e no início da manhã, e há possibilidade de novos recordes. No fim de semana, as temperaturas devem subir durante o dia, voltando a cair à noite e ao amanhecer.

Alerta

A Climatempo divulgou um alerta para as condições do mar no litoral paulista, que, nos próximos dias, inspiram cuidados especiais. O vento forte sobre o oceano forma as ondas que já chegam à região deixando o mar agitado.

Amanhã, a agitação marítima aumenta ainda mais e há previsão de ressaca. A altura das ondas pode chegar a três metros e meio em algumas praias. Na sexta-feira, a altura das ondas pode alcançar picos maiores, perto dos 4 metros. A partir de sábado, a tendência é de diminuição das ondas no litoral paulista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.