Cidades mineiras sofrem com chuvas fortes e estiagem

Vários municípios do Estado de Minas já decretaram situação de emergência este ano por dois diferentes motivos, segundo a Defesa Civil. No norte do Estado, a situação é crítica devido à estiagem, e no sul mineiro as chuvas castigam a população.

Agência Estado |

Com mais de sete meses sem chuva, o índice de umidade relativa do ar chegou à marca de 8% nesta semana no norte de Minas Gerais, de acordo com a Defesa Civil. Por conta da estiagem, 102 cidades, a maioria na zona rural, estão em situação de emergência, algumas delas desde fevereiro, segundo balanço da Defesa Civil.

Incêndios e rios quase secos ajudam a piorar a situação dos moradores, que estão recebendo mensalmente cestas básicas e contam com caminhões pipas para abastecer a região. De acordo com a Defesa civil, alguns municípios receberem também cisternas de 8 mil litros para ajudar no abastecimento da água.

Na região sul mineira, 33 municípios estão em situação de emergência desde agosto por conta do excesso das chuvas. Mais de 45 mil pessoas já foram afetadas. Dessas, 7.255 ficaram desalojadas (abrigadas na casa de conhecidos) e outras 1.587 ficam desabrigadas (sem local para ficar), segundo balanço da Defesa Civil. As chuvas também causaram a morte de duas pessoas. Em Betim, um homem de 34 anos e uma mulher de 18 anos morreram após serem levados pela enxurrada.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG