Cidades históricas de Minas Gerais vetam axé e funk no carnaval

Três das mais visitadas cidades do circuito histórico de Minas Gerais - Ouro Preto, Mariana e São João Del Rey - vetaram axé, funk, rock ou sertanejo nas folias do carnaval. Em programações patrocinadas pelas prefeituras e nos espaços públicos, só sambas e marchinhas poderão ser executados nas festas.

Agência Estado |

A medida integra o projeto Carnaval das Cidades Históricas para resgatar o carnaval de antigamente. Queremos trazer para essas cidades pessoas que respeitem o patrimônio e a segurança, afirmou o secretário de Cultura e Turismo de São João Del Rey, Ralph Justino.

Para 2010, a meta é atrair para o circuito mais duas cidades históricas de Minas - Diamantina e Sabará. Todas essas cidades atraem milhares de turistas no carnaval. A maior parte deles é formada por jovens.

O turismo de estudantes tem causado problemas para as cidades históricas. Além de gastar pouco, alguns grupos causam danos ao acervo colonial - no caso de Ouro Preto, reconhecido como patrimônio da humanidade pela Unesco.

Para Ralph Justino, o carnaval de antigamente das cidades históricas de Minas tem apelo para se tornar uma grande atração, despertando o interesse de milhares de turistas de outro perfil. O projeto foi anunciado ontem, em Belo Horizonte.

Leia mais sobre carnaval

    Leia tudo sobre: carnaval

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG