Cidade de Santa Catarina tem madrugada com temperatura negativa

Município de Urubici, no planalto sul catarinense, registrou -1,1ºC. Condições são favoráveis para formação de geada no Rio Grande do Sul

iG São Paulo |

A massa de ar frio e seco de origem polar que chegou nesta terça-feira em Santa Catarina derrubou as temperaturas durante a madrugada desta quarta-feira, segundo informações do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram).  

Veja imagens do frio pelo Brasil nesta quarta-feira

AE
Frio nesta manhã na cidade serrana catarinense de Alfredo Wagner
No município de Urubici, a temperatura chegou a -1,1ºC, no Morro da Igreja, que fica no planalto sul catarinense, segundo o Ciram. Na mesma região, a cidade de Urupema registrou a marca de 0,2ºC e em São Joaquim os termômetros chegaram a 0,1ºC. De acordo com o Ciram, o frio continua no Estado na noite desta quarta e madrugada de quinta-feira, que serão marcadas por temperaturas baixas em várias regiões de Santa Catarina.

Saiba a previsão do tempo na sua cidade

No Paraná, a temperatura mais baixa foi registrada no distrito de Pinhão, no centro-sul ( 2,3°C). Essa é a menor temperatura desde 2004, segundo o meteorologista Fernando Mendes, do serviço de meteorologia do estado (Simepar). “Em Guarapuava, no sul do estado, a mínima foi 3 °C, a menor temperatura desta estação desde 1998”, informou Mendes.

Na parte sul do Estado, excetuando-se a faixa litorânea, as mínimas ficaram abaixo dos 10°C, sendo que no sul, centro, sudoeste e na microrregião de Cascavel, os valores foram abaixo de 5°C. Entre Rios registrou 2,7 °C e Guarapuava, 2°C. Em Curitiba, os termômetros marcam 9°C agora de manhã.

Saúde: Queda brusca na temperatura eleva em 95% internações hospitalares

A partir desta quarta-feira, as temperaturas deverão cair também em Mato Grosso do Sul e São Paulo. A previsão do Inmet é chuva moderada a forte, com trovoadas e rajadas de vento em áreas isoladas no nordeste do Pará, Amapá, no sul, centro e leste de Goiás, do Distrito Federal, no Triângulo, sul e oeste de Minas Gerais, além do nordeste e leste de São Paulo. No Rio de Janeiro também há previsão de rajadas de vento entre 60 e 80 quilômetros por hora.

Estiagem

Muitos municípios catarinenses ainda estão em situação de emergência por conta da estiagem, segundo a Defesa Civil. Balanço da Defesa Civil desta terça-feira, mostra que são 113 municípios em situação de emergência, o último a decretar foi Campos Novos. O total de afetados chega a 636.622 pessoas.

Sul e Sudeste têm previsão de queda nas temperaturas nesta quarta-feira

Já foram destinados para o atendimento emergencial R$ 455 mil do Fundo Estadual de Defesa Civil e R$ 1,9 milhão provenientes do Ministério da Integração (MI), segundo a Defesa Civil. Segundo previsão do Ciram/Epagri, para o período de 29 de março a 11 de abril, o tempo permanece seco e a estiagem continua no oeste e meio-oeste do Estado. As temperaturas estarão mais baixas no final de março, se elevando no início do abril e diminuindo a cada passagem de frente fria.

Rio Grande do Sul

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as condições meteorológicas são favoráveis para a formação de geada no Rio Grande do Sul na região da Serra Nordeste e no Planalto. Já para amanhã, na quinta-feira, há previsão para um declínio acentuado da temperatura.

Na cidade de São José dos Ausentes, região da Serra, a temperatura mínim a resistrada foi de 2,9ºC. Porém, há informações que a sensação térmica na cidade pode chegar a -4,5ºC. Na capital de Porto Alegre, os termômetros marcaram 11,8ºC, com sensação de 9ºC.

TÁRLIS SCHNEIDER/ACURÁCIA FOTOJORNALISMO/AE
Jovem enfrenta frio em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Há previsão de geada nesta quarta

*com AE

    Leia tudo sobre: friosanta catarinamadrugadatemperatura negativa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG