Cidadãos ajudam bombeiros na busca por corpos em SC

Bombeiros que trabalham na busca por desaparecidos em Santa Catarina tiveram uma ajuda de cidadãos na cidade de Gaspar, uma das várias atingidas pelas enchentes no Estado. Na zona rural do município, em uma cena que emocionou os bombeiros que trabalham nas operações de resgate, as próprias famílias estavam cavando sem autorização e sem a presença de qualquer especialista na tentativa de encontrar parentes.

Agência Estado |

Tudo o que havia de equipamento eram pás e cordas. Mesmo com a chegada dos bombeiros, as famílias não pararam de vasculhar e acabaram ajudando a encontrar uma mulher nos destroços de uma casa.

Outro corpo, soterrado, foi encontrado ontem por homens da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) no Morro do Baú, cadeia montanhosa onde ainda pode haver deslizamentos. As duas vítimas ainda não foram identificadas. Moradores já indicaram a posição de pelo menos outros oito corpos, mas há muita lama e os trabalhos seguem em passo de formiguinha, como define o capitão Giovanni Matiuzzi, comandante da FNSP em Santa Catarina.

Em alguns pontos do Morro do Baú, geólogos constataram que o barro atinge cinco metros de altura. Na superfície parece que está tudo bem, mas é só colocar o pé que afunda muito, afirma Matiuzzi. As buscas por corpos, retomadas anteontem, são realizadas com a ajuda de seis cães farejadores. Estamos esperando material específico para ajudar nas buscas. Tem de ser aos poucos.

Uma segunda equipe da FNSP que iria começar a busca por mais corpos no Morro do Baú teve de adiar os trabalhos porque a aeronave que a levaria até a localidade foi utilizada pelos senadores Raimundo Colombo (DEM-SC), Delcídio Amaral (PT-MS) e Ideli Salvatti (PT-SC) para sobrevoar regiões afetadas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: santa catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG