Ciclistas seminus fazem manifestação na Av. Paulista

SÃO PAULO - Na tarde deste sábado, centenas de ciclistas participaram da segunda edição anual da World Naked Bike, que no Brasil ganhou o nome de Pedalada Pelada.

Redação com Agência Estado |

O objetivo do evento é pedalar - sem roupa - por toda a extensão do sentido Consolação/Paraíso da Av. Paulista, região central da capital, para chamar a atenção para a precariedade das condições de trânsito para ciclistas na cidade.

AE
Ciclistas pedalam na Av. Paulista um pouco mais comportados

Porém, diferentemente do ocorrido no ano passado - quando um rapaz foi preso ao ficar totalmente nu -, este ano os manifestantes se apresentaram apenas com muito pouca roupa. A PM, que acompanhou a atividade, ainda não tem dados oficiais sobre o número de participantes.

De acordo com o blogueiro Willian Cruz, do Vá de Bike , a manifestação foi bastante pacífica e chegou até o Monumento às Bandeiras, na frente do Parque Ibirapuera. Cruz relata que somente no começo da pedala é que os ciclistas se mantiveram comportados: "Na largada tinha muita imprensa em cima, e as pessoas ficaram acanhadas. Mas depois, quando a massa tornava as pessoas indentificáveis, muitos ficaram totalmente nus".

Futura Press
Homens ficam nus durante o evento

O blogueiro também relatou que a pintura corporal foi bastante presente na edição deste ano da "World Naked Bike". "Havia gente sem roupa, mas com o corpo pintado", diz.

AE
Manifestantes alertam para a poluição e reivindicam melhores condições

AE
O evento usou o slogan "nus, é como nos sentimos pedalando nesta cidade"

Leia mais sobre: World Naked Bike

    Leia tudo sobre: ciclista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG