Chuvas voltam a controlar o fogo na Chapada Diamantina

As pancadas de chuva que caem desde terça-feira na região da Chapada Diamantina, apesar de fracas, continuam ajudando a diminuir a avanço dos focos de incêndio que, desde julho, castigam a região. Entre a madrugada e a manhã de hoje, choveu nos arredores da cidade de Mucugê, uma das áreas mais atingidas pelo fogo esta semana.

Agência Estado |

Na quarta-feira, uma linha contínua de 20 quilômetros de incêndio foi registrada na região. Agora, apenas focos isolados são detectados.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente (Sema), apenas o fato de a umidade relativa do ar subir na área já é suficiente para ajudar no combate às chamas. "Em condições 'normais', o combate aos focos é bastante eficaz e rápido", afirmou o diretor de Unidades de Conservação da Sema, Plínio Neto. Na semana passada, a umidade relativa do ar chegou a níveis comparáveis a desertos, entre 10% e 12%, facilitando a propagação do fogo na vegetação seca.

De acordo com o diretor, focos que atingiam áreas de intenso fluxo turístico, como o Morro do Chapéu, já foram controlados e não há mais focos resistentes no entorno do Parque Nacional da Chapada Diamantina, uma área de 5 milhões de hectares. A expectativa é de chuvas mais fortes na região apenas a partir da próxima quinta-feira.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG