Chuvas perdem intensidade e São Paulo sai de estado de atenção

SÃO PAULO - As áreas de chuva moderada à forte que atingiram São Paulo no fim da tarde desta quinta-feira perderam intensidade pouco depois da 19h, restando apenas nebulosidade e chuvas leves. Após um dia de altas temperaturas, a capital paulista enfrentou chuva de moderada a forte e registrou queda de temperatura de mais de 10ºC.

Redação |


O estado de atenção foi decretado às 17h10 nas zonas oeste, norte, sul, centro, Marginal Pinheiros e Marginal Tietê. Às 17h30, foi estendido para as zonas leste e sudeste. Todos os estados de atenção terminaram cerca de 19h30.

Durante o estado de atenção, a  Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou  22 pontos de alagamento , cinco deles intransitáveis. Às 20h30, São Paulo registra 81 quilômetros de lentidão, segundo a CET. No momento, há 12 pontos de alagamento.

No mesmo horário, a Marginal Pinheiros, no sentido Interlagos, tem sete quilômetros de trânsito ruim da ponte Cidade Universitaria até a nova ponte do Morumbi. A avenida dos Bandeirantes tem quatro quilômetros da via Funchal até a Aliomar Baleeiro. 

O corredor Norte Sul, no sentido Aeroporto, também tem cinco quilômetros de tráfego lento do viaduto Pedroso até o viaduto João Julião da Costa Aguiar. Já a Marginal Tietê, no sentido Ayrton Senna, na pista expressa, tem seis quilômetros de lentidão da Ponte Júlio de Mesquita Neto até a rua Azurita.

Futura Press
São Paulo escura no fim de tarde; a chuva deixou a cidade em estado de atenção

O predomínio de sol favoreceu a elevação das temperaturas com máximas que oscilaram em torno dos 31ºC na Grande São Paulo. A umidade relativa do ar também atingiu valores próximos aos 30%.

Áreas de instabilidade associadas com o calor e a aproximação de uma frente fria se formaram no interior e deslocaram-se em direção a capital.

A frente fria muda o tempo próximos dias, causando maior nebulosidade e chuvas na forma de pancadas principalmente no período das tardes.

As temperaturas não sobem tanto quanto nos últimos dias em função da cobertura de nuvens e as máximas oscilam em torno dos 26ºC. Entretanto este sistema frontal serve para aumentar os índices de umidade e melhorar a qualidade do ar na capital paulista. Apenas o domingo deve ser de tempo nublado e chuvoso com sensação de frio.

Leia mais sobre: chuva

    Leia tudo sobre: cetcgechuvasão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG