Chuvas, ventos fortes e queda de granizo durante a noite e ontem e a madrugada de hoje deixaram muita destruição em pelo menos quatro bairros de Cascavel, a cerca de 500 quilômetros de Curitiba, no oeste do Paraná. Várias casas foram destelhadas e algumas tiveram partes das paredes derrubadas.

Árvores caíram e acabaram arrebentando fios da rede elétrica e de telefone. Apesar disso, apenas uma mulher teve escoriações leves. Não houve necessidade de se colocar pessoas em abrigos públicos.

A chuva chegou ao Paraná depois de quase um mês de tempo seco e atingiu todas as regiões do Estado. Além de Cascavel, houve queda de granizo em Santa Cruz do Monte Castelo, no noroeste paranaense, onde pelo menos 70 casas tiveram destelhamento. Durante o dia, várias equipes do Corpo de Bombeiros e da prefeitura de Cascavel percorreram os bairros para fazer o levantamento completo dos estragos e distribuir lonas plásticas para cobertura emergencial das casas.

A força do vento também entortou placas de sinalização das ruas e arrancou a porta de uma igreja. Alguns imóveis públicos foram atingidos. De acordo com a Secretaria de Educação de Cascavel, houve destelhamento em três escolas e em um Centro Municipal de Educação Infantil. Funcionários trabalham na restauração das coberturas para o reinício das aulas na segunda-feira.

Uma cozinha comunitária foi destelhada e o almoço gratuito não foi servido hoje. A Companhia Paranaense de Energia (Copel) informou que cerca de 10 mil unidades consumidoras deixaram de receber energia em algum momento em razão do temporal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.