Moradores de sete cidades da região de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, voltaram a conviver com apagões na noite desta segunda-feira, por minutos ou horas. Isso ocorreu após um temporal ter caído entre o final da tarde e o início da noite.

Raios e ventos causaram alguns transtornos no sistema de energia elétrica da CPFL, que resolveu todos os problemas até a meia-noite.

Segundo o gerente do poder público da CPFL em Ribeirão Preto, Luiz Carlos Valli, o temporal atingiu toda a região nordeste do Estado, e os casos isolados foram resolvidos rapidamente. Em Guaíra, por exemplo, os ventos derrubaram um poste de iluminação, que precisou ser substituído. O bairro onde o poste foi trocado ficou sem energia entre as 19 horas e meia-noite. Em Monte Alto, uma folha de zinco foi lançada pelo vento na rede elétrica e houve falta de energia parcial entre 18h30 e 20 horas.

Em outras cidades foram os raios que causaram transtornos. Guariba ficou parcialmente sem energia entre 21 horas e 23 horas. Viradouro e zona rural de Itirapuã tiveram fusíveis queimados em redes secundários por curto período de tempo.

Em Ribeirão Preto, os bairros Ribeirânia e Tanquinho também tiveram o mesmo problema, por volta das 21 horas, voltando ao normal uma hora e meia depois. "Quando os raios ou qualquer objeto atingem o sistema elétrico, a rede desliga automaticamente, até por medida de segurança, e depois os técnicos restabelecem a energia", disse Valli.

Na zona rural de Sertãozinho houve falta de energia no início da manhã de hoje. Valli informou que o problema ocorreu devido aos danos provocados no transformador particular de um cliente da zona rural. O serviço foi realizado rapidamente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.