Chuvas causam estragos e interdições em rodovias no País

Regiões Sudeste e Centro-Oeste têm problemas após as chuvas deste início de ano

Agência Brasil |

Os motoristas que forem utilizar estradas estaduais e federais nos próximos dias devem ficar atentos para interdições e desvios feitos devido a estragos causados pelas chuvas, especialmente nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do País.

Em São Paulo, a SP-264, conhecida como Rodovia Francisco José Ayub, está interditada desde a última sexta-feira (7) no quilômetro 132, no município de Salto de Pirapora por causa da queda de uma barreira. O desvio está sendo feito pela SP-079, no sentido Piedade e pela SP-250, no sentido Pilar do Sul.

Na SP-095, em Bragança Paulista, o tráfego está liberado para apenas um veículo por vez, por causa da queda da cabeceira da Ponte do Rio Jaguari. Já na SP-373, em Morro Agudo, a interdição é total, devido a problemas com a estrutura da ponte do Rio Pardo.

No Rio de Janeiro, a única rodovia interditada no momento, segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), é a RJ-163, na região do Médio Paraíba, por causa de uma queda de barreira. Ainda há risco de rolamento de pedras na estrada, que liga Itatiaia, Penedo, Capelinha e Visconde de Mauá. A opção é o trajeto pela RJ-161 e RJ-151, que aumenta a viagem em duas horas. A RJ-196, no norte do estado, que estava com o trânsito interrompido por causa do transbordamento do Rio Paraíba do Sul, já está com a situação normalizada.

No Espírito Santo, o trânsito está em meia pista em diversos pontos na ES-261, entre Caldeirão e Itarana. As equipes tentam remover a terra do local, onde houve quedas de barreiras. Na ES-452, entre Santo Antônio e Várzea Alegre, o trânsito está restrito ao acostamento em diversos pontos, também por causa de quedas de barreiras.

O desvio da ES-482, próximo à divisa entre Jerônimo Monteiro e Alegre, foi liberado para a passagem de veículos na última quarta-feira (5). A estrada foi interditada por causa das chuvas, que elevaram o nível do rio e destruíram uma ponte. O trânsito também já foi liberado na ES-164, próximo a Itaguaçu, onde um bueiro rompeu por causa da força da correnteza.

Em Minas Gerais, oito rodovias estaduais estão com o tráfego interrompido por causa de atoleiros e rompimentos de aterros: A LMG-714, entre a BR-040 e Porto Diamante; a MG-170, entre Pimenta e Guapé; a MG-229, entre Senhora do Porto e Dom Joaquim; a MG-326, entre Ponte Nova e Barra Longa; a MG-252, entre São Gonçalo do Pará e a BR-494; a MG-311, entre Itabirinha e Limeira; a MG-418, entre Mantena e a divisa de Minas Gerais e o Espírito Santo.

    Leia tudo sobre: chuvasestradas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG