Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Chuvas ainda ameaçam cidades do Vale do Paraíba

A situação de algumas cidades localizadas às margens do Rio Paraíba do Sul, no Vale do Paraíba, ainda preocupa, devido às chuvas dos últimos dias. Até a tarde de hoje, cerca de 500 famílias haviam sido desalojadas.

Agência Estado |

O pior quadro é o de Guaratinguetá, onde o nível do rio vem subindo desde o Natal, atingindo cerca de 4,5 metros de excesso na virada do ano. Nos bairros Jardim Primavera, Santa Rita, Jardim do Vale e imediações, cerca de 100 famílias tiveram suas casas tomadas pelas águas. Em Caçapava, o nível do Paraíba chegou a subir seis metros. Vários pontos de alagamento foram registrados, principalmente nos bairros Vila Paraíso e Beira Rio. O bairro Piedade também sofreu com a enchente e, no bairro Germana, parte de uma ponte quebrou.

Em São José dos Campos, as águas atingiram oito bairros. Cerca de 30 famílias estão desalojadas no bairro Mirante do Buquirinha, o único local onde a enchente continua. A cidade de Jacareí, por sua vez, registra 29 famílias desalojadas.

O nível das águas dos reservatórios de Paraibuna e do Jaguari está perto de atingir seu limite. Os dois reservatórios influenciam no nível do Rio Paraíba do Sul. Segundo a Companhia Energética de São Paulo (Cesp), depois de 13 anos o nível alcançou o vertedouro, que dá vazão às águas quando elas atingem o máximo permitido nas barragens.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG