Chuva recomeça e causa mais transtornos na Bahia

A chuva que atinge desde a noite de terça-feira a faixa leste da Bahia havia dado uma trégua entre a tarde e a noite desta quinta-feira, mas voltou forte durante a madrugada e a manhã desta sexta, causando uma nova série de transtornos em Salvador e região metropolitana. A prefeitura da capital voltou a cancelar as aulas na rede municipal de ensino, deixando 153 mil estudantes sem acesso às escolas.

iG São Paulo |

AE
Trânsito complicado na avenida Bonoco, em Salvador

Alguns dos bairros mais populosos da cidade estão com trânsito parado, por causa de pontos de alagamento, e sofrendo com falta de energia elétrica, pela queda de árvores sobre a rede de distribuição.

A Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador) pede à população que evite circular na cidade até o início da tarde. O ministro da Integração Nacional, João Santana, está na cidade, onde participa de uma reunião com o prefeito João Henrique Carneiro para discutir medidas para combater os efeitos dos temporais.

A Prefeitura de Feira de Santana, a segunda maior cidade do Estado, decretou situação de emergência por causa da chuva. Na quinta-feira, um homem morreu ao tentar atravessar uma pequena ponte sobre um riacho e foi levado pela água.

Já a de Prado, no extremo sul do Estado, onde há 500 famílias desabrigadas, pleiteia a oficialização de estado de calamidade pública, para conseguir realizar obras emergenciais. No bairro São Braz, um dos mais atingidos, uma mulher de 42 anos morreu eletrocutada quando pisou em um fio de alta tensão caído na rua.

* com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: chuva - Bahia

    Leia tudo sobre: bahiachuva

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG