A chuva que cai desde a noite de ontem em São Paulo provoca muitos transtornos no Terminal Rodoviário Barra Funda, na zona oeste da cidade. Centenas esperam pelos ônibus nas plataformas.

Quem depende da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) enfrenta problemas na linha 7 - Rubi. Segundo a empresa, os trens que saem do terminal só conseguem chegar até a Estação Caieiras. Para continuar a viagem, os passageiros devem, então, tomar um ônibus até a Estação Baltazar Cibele, de acordo com uma funcionária da companhia.

Os ônibus intermunicipais estão presos na rodoviária. A companhia Cometa, uma das empresas de maior movimento na Barra Funda, diz que o último ônibus deixou o terminal às 6 horas. Desde então, pelo menos 9 ainda não deixaram a rodoviária. A orientação é para os passageiros aguardarem.

No caso da Companhia do Metropolitano (Metrô), funcionários informaram que o movimento está dentro do esperado para um dia de chuva. Um deles disse que os trens apenas trafegam em intervalos maiores. Esse procedimento, no entanto, é padrão em razão da segurança, já que a água diminui a aderência do trem com os trilhos.

Fretados

Na plataforma dos ônibus fretados, funcionários de várias empresas buscam informações com superiores e outros colegas que também estão presos no Terminal Barra Funda. "Meu horário já estourou faz tempo", disse Alessandra Nascimento, que trabalha em uma empresa de call center. A colega dela, Eliane Teixeira, afirmou que nem os funcionários que trabalharam durante a madrugada conseguiram deixar o terminal. "A maioria dos meus colegas também está aqui", afirmou. "Vou pra casa porque o supervisor disse que não há previsão de quando a água vai baixar."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.