Chuva provoca acidentes de trânsito com cinco mortes no Rio de Janeiro

Os motoristas que trafegam pelo Rio de Janeiro enfrentam problemas em diversos trechos. Por causa da chuva que atinge a região desde a madrugada desta quinta-feira, em função da chegada de uma frente fria, foram registrados cinco acidentes que deixaram pelo menos cinco mortos, além de pessoas feridas.

iG São Paulo |

Quatro pessoas, entre elas uma criança, morreram quando um ônibus da Viação Mauá bateu em um poste na avenida Dr. March, no Bairro Barreto, em Niterói, na região metropolitana do Rio. Segundo policiais do 12º Batalhão (Niterói), com a colisão, um transformador de energia caiu sobre o veículo, provocando um incêndio. Bombeiros seguiram para o local.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), que só deve divulgar o balanço da Operação Carnaval durante esta quinta-feira, informou que outro acidente, desta vez na Rio-Campos (BR-101 Norte), na altura do km 127, em Quissamã, também provocou a morte de uma pessoa. No local, dois caminhões bateram de frente. Um dos veículos pegou fogo e o motorista morreu carbonizado. O outro tombou, mas o motorista teve apenas ferimentos leves. O fluxo foi interrompido nos dois sentidos e o tráfego foi desviado pelo acostamento. De acordo com a concessionária que administra o trecho, a perícia já está no local e o trânsito segue em meia pista.

Outros dois acidentes foram registrados na Rio-Teresópolis (BR-116), e deixaram cinco feridos. Ainda segundo informações da PRF, a primeira colisão, envolvendo um ônibus, dois caminhões, uma carreta e dois carros, ocorreu na altura do km 140, em Saracuruna, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. As pistas no sentido Rio já foram liberadas, mas os motoristas que trafegam pelo local ainda enfrentam congestionamento. O outro acidente foi registrado no Parque Paulista, também na Baixada Fluminense. Bombeiros seguiram para o local e socorreram as vítimas, que foram levadas para o Hospital de Saracuruna.

Na Rodovia Washington Luis (BR-040), que liga o Rio a Belo Horizonte (MG), na altura do km 84, em Petrópolis, um caminhão tombou e o trânsito segue em meia pista no sentido Rio. O motorista ficou ferido e foi levado para um hospital da região.

Alagamentos

A chuva que atinge o Rio de Janeiro já deixou bairros dos municípios de Belford Roxo e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, embaixo d'água. Em Angra dos Reis, após chover forte na quarta-feira, foram observados pontos de alagamento na Grande Japuíba. A situação já está normalizada, de acordo com a Defesa Civil da cidade. Houve pontos de deslizamento, mas sem registro de vítimas. A previsão é de chuvas moderadas durante todo o dia.

A pista molhada em função das chuvas suspendeu os pousos no Aeroporto Santos Dumont, no centro da capital fluminense, que já voltou ao normal. As aterrissagens foram transferidas para o Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão).

A Defesa Civil do município informou que nenhuma ocorrência grave foi registrada, mas o Sistema de Gestão de Risco de Crises (Sigeric) já está mobilizado.

Chuva em São Paulo

A cidade de São Paulo é atingida por fortes chuvas desde a tarde desta quarta-feira . Após trégua no carnaval, as chuvas voltaram com força, e as enchentes também. A cidade chegou a registrar 99 pontos de alagamento, sendo 31 intransitáveis.

*Com informações da Agência Brasil e Agência Estado

Leia mais sobre: chuva

    Leia tudo sobre: chuva

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG