Chuva no ES deixa 7.300 desabrigados em 34 cidades

Defesa Civil retificou o número de mortos pelas chuvas para 4, já que uma mulher teria sido assassinada por enforcamento

AE |

selo

A chuva que atinge o Espírito Santo desde o início da semana já deixou 7.300 pessoas desabrigadas em 34 municípios. Nesta sexta-feira, a Defesa Civil Estadual retificou o número de mortos - a perícia revelou que uma mulher, que teria sido levada pela força das águas em Cachoeiro de Itapemirim, na verdade havia sido assassinada por enforcamento.

Quatro pessoas morreram no Estado por causa do temporal, uma delas arrastada pela correnteza ao passar por uma ponte em Jerônimo Monteiro e três soterradas no desabamento de uma casa em Afonso Cláudio.

Na madrugada de hoje, os municípios de Barra do São Francisco e São Gabriel da Palha foram inundados depois que o nível dos rios subiu. Houve registro de alagamento de ruas e casas e deslizamento de encostas. Estradas e rodovias estão parcialmente interditadas, mas a Defesa Civil informa que nenhum dos municípios está isolado. Foram distribuídos cestas básicas, cobertores e colchões.

Rio

A estrada RJ-163, principal acesso para Visconde de Mauá, no sul do Rio de Janeiro, foi interditada por uma queda de barreiras. A via liga a Presidente Dutra ao distrito de Resende, importante destino turístico. Os motoristas estão sendo orientados a passar pelo distrito de Fumaça, o que aumenta a viagem em 50 quilômetros.

    Leia tudo sobre: chuvaespírito santodesabrigados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG