Chuva faz BH decretar estado de emergência

BELO HORIZONTE - Em razão dos estragos causados pela chuva no dia 31 de dezembro, a Prefeitura de Belo Horizonte decretou situação de emergência nas áreas atingidas. O decreto foi assinado pelo prefeito Márcio Lacerda, está publicado no Diário Oficial do Município deste sábado e tem vigência de 90 dias.

Agência Estado |

As chuvas, com índice pluviométrico acima de 85 mm, provocaram o transbordamento do rio Arrudas e a inundação de parte da avenida Tereza Cristina, uma das principais avenidas que cortam a cidade. As famílias prejudicadas estão sendo cadastradas para receber ajuda. Muitas casas foram inundadas e algumas correm risco de desabar.

Parte da população atingida também poderá ser incluída em programas sociais. Apesar de Belo Horizonte ter decretado estado de emergência, dados da Defesa Civil Estadual apontam a capital mineira como um dos 35 municípios que apenas comunicaram problemas em decorrência das chuvas. Belo Horizonte não aparece na lista das 69 cidades que decretaram situação de emergência. Segundo a Defesa Civil, o balanço das chuvas até o momento em todo o estado é o seguinte: 8.006 desabrigados, 21.786 casas danificadas, 66.107 desalojados, 553 casas destruídas, 327 pessoas feridas e 25 mortas.

Veja também:

Leia mais sobre: chuvas

    Leia tudo sobre: chuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG