O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, fechou duas vezes nesta terça-feira devido às fortes pancadas de chuva que atingem a cidade. Na primeira vez, o aeroporto suspendeu as atividades entre as 15h07 e 15h29. Às 16h04, o aeroporto fechou novamente para pousos e decolagens e reabriu somente às 16h47. Esteé o 35º dia consecutivo de chuva em São Paulo. Desde dezembro, o Estado já registrou 62 mortes por causa dos temporais.

A situação na rodovia Anchieta também foi normalizada, após duas quedas de barreira terem provocado congestionamento nos dois sentidos, na região de São Bernardo do Campo. Na pista sentido litoral, a queda ocorreu no quilômetro 27. No sentido capital, houve queda no mesmo trecho, mas na altura do quilômetro 29.

AP

Jardim Romano volta a alagar em São Paulo

Pontos de alagamento

O Corpo de Bombeiros recebeu pelo menos 10 chamadas para socorrer pessoas ilhadas na zona leste de São Paulo. Toda a cidade entrou em estado de atenção às 15h15 em razão das chuvas. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), por volta das 20 horas, a cidade registrava 18 pontos de alagamento, todos transitáveis.

O túnel do Anhangabaú, no centro, chegou a fechar no sentido Aeroporto por precaução, mas já está liberado. No entanto, a chuva e os alagamentos  ainda provocam congestionamento em São Paulo. Por volta das 20h, o índice de vias com lentidão era de 160 km.

Três regiões de São Paulo ficaram em estado de alerta das 16h20 às 17h45, devido ao transbordamento de córregos nessas áreas. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, informou que as ocorrências foram registradas nos córregos Mandaqui (Casa Verde), Ribeiro dos Meninos (Ipiranga) e Tiquatira (Penha).

Estradas

AE
Cratera aberta em rodovia paulista isola cidade

Cratera aberta em rodovia paulista isola cidade

Além da SP-29, que segue interditada por causa de uma cratera que abriu na segunda-feira, outras sete rodovias estaduais, segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), registraram queda de barreira e deslizamentos nesta terça-feira. Na Grande São Paulo, duas quedas de barreira prejudicaram as rodovias que chegam às cidades de Franco da Rocha, no quilômetro 48 da SP-332, e Jundiaí, na SP-332, na altura do quilômetro 50.

A pista do acostamento no acesso à Bragança Paulista pela SP-21 sofreu erosão e meia pista segue interditada.

Na cidade de Ribeira, a SP-250 tem interdição total no quilômetro 345. Em São Carlos, a SP-215 teve queda de barreira no quilômetro 168 e provoca a interdição de duas faixas de rolamento. O tráfego está sendo realizado em sistema Siga e Pare - quando somente os carros de um sentido trafegam, enquanto os do outro sentido aguardam.

No Vale do Paraíba, a queda de duas barreiras, na SP-50 e na SP-77, deixa as estradas parcialmente interditadas em Monteiro Lobato e Jacareí, respectivamente. Na primeira, a interdição foi no quilômetro 132. Em Jacareí, no quilômetro 10.

Com Agência Estado

Leia também:

Leia mais sobre chuvas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.