A chuva perdeu força e o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) retirou São Paulo do estado de atenção às 19h05 deste domingo, 15. O estado foi decretado a partir das 16h05.

Às 20h20, chovia levemente em pontos isolados da cidade. As chuvas provocaram sete pontos de alagamento nas vias paulistanas, sendo três deles na Marginal do Pinheiros. Todos em situação transitável.

Com o forte vento que acompanhava a chuva, galhos de árvore atingiram a rede elétrica e deixaram trechos de Moema, Butantã, Cerqueira César e Jardim América sem energia. Também ocorreram problemas pontuais na zona leste, segundo a Eletropaulo. Em razão do mau tempo, o Aeroporto de Congonhas, na zona sul, funcionou com o auxílio de instrumentos das 16h08 às 19 horas. Até as 20 horas, dos 172 vôos programados no terminal, 27 atrasaram mais de 30 minutos, o equivalente a 15,7% do total, e 5 foram cancelados (2,9%).

A mudança no tempo foi provocada pela chegada de uma nova frente fria com uma forte massa de ar polar ao Estado. Com isso, a temperatura deve diminuir bastante nesta segunda-feira, 16. Não há previsão de chuva. Na terça, 17, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), pode gear na Serra da Mantiqueira e em pontos isolados do sudoeste e parte do sul paulista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.