Chuva diminui e São Paulo sai do estado de atenção

A cidade de São Paulo e as marginais saíram do estado de atenção às 15h50 desta quarta-feira, 45 minutos depois de entrarem nesta situação devido à chuva forte. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, as áreas de instabilidade começam a perder intensidade.

Agência Estado |

Às 16h10, a cidade registrava um ponto de alagamento transitável na Avenida Pedro Álvares Cabral, junto do Viaduto dos Imigrantes, no sentido Vila Mariana.

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, chegou a ficar fechado para pousos e decolagens por 20 minutos nesta tarde. De acordo com a Infraero, o terminal ficou com as operações suspensas entre 14h48 e 15h08, quando voltou a operar normalmente. Até as 15 horas, dos 133 voos programados em Congonhas, 15 atrasaram mais de meia hora e dez foram cancelados.

Chove de forma moderada com pontos fortes no extremo sul da cidade, entre os bairros de Grajaú, Parelheiros e Engenheiro Marsilac. Na Grande São Paulo, chove forte nos municípios de São Bernardo do Campo, Santo André, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Guarulhos. A previsão para esta noite é de chuva em diversas regiões da capital paulista.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG