Já chega a 27 o total de cidades do Estado da Bahia que decretaram emergência nesta semana devido à chuva forte que atinge o Estado. Todos obtiveram homologação do governo baiano.

Cinco pessoas morreram no Estado desde o início das chuvas mais fortes, há oito dias. Segundo a Defesa Civil do Estado, a Bahia tem 7.454 desalojados e 3.249 desabrigados. Os feridos ou doentes por causa das chuvas são 379.

A situação levou a prefeitura de Salvador a decretar situação de emergência, na manhã de hoje. A prefeitura promete alugar quartos de hotéis e pousadas para abrigar as famílias desalojadas. O cadastro está sendo feito pela Defesa Civil e estima-se que 200 famílias não tenham onde se abrigar. Muitas estão instaladas em escolas públicas. As aulas das redes municipal e estadual estão suspensas em toda a região metropolitana.

Alguns dos principais rios da região transbordaram, causando uma série de transtornos e deixando as cidades sem condições de tráfego. Em Salvador, o principal entroncamento viário, a Rótula do Abacaxi, por exemplo, ficou travado depois de o Rio Camurujipe transbordar.

O governador, Jaques Wagner, sobrevoou Salvador e Lauro de Freitas hoje. De acordo com sua assessoria, ele telefonou para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para relatar os problemas e pedir providências dos ministérios. Lula teria garantido que o Estado vai ser atendido pelo governo federal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.