Chuva dá trégua no Norte e Nordeste e toneladas de ajuda chegam

Brasília - As fortes chuvas que castigaram vastas regiões do Norte e Nordeste brasileiro deram trégua hoje e toneladas de ajuda chegaram às cidades mais atingidas, nas quais cerca de 180 mil pessoas ficaram desalojadas.

EFE |

Segundo o último balanço da Defesa Civil, 44 pessoas morreram devido a trombas d'água ou deslizamentos de terra ocorridos durante as últimas duas semanas em 320 municípios.

Agência Brasil
As enchentes atingiram 90% da população de Trizidela do Vale, no Maranhão


Durante o dia, aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) aproveitaram a melhora do tempo para distribuir 7,5 toneladas de alimentos e outras 8 toneladas de remédios, roupas e colchões no estado do Maranhão, o mais atingido.

Nessa região há casos dramáticos, como o da cidade de Trizidela do Vale, que tem 180 mil habitantes e está inundada em 90% pelo transbordamento do rio Mearim, que superou em seis metros seu nível normal.

A maioria dos habitantes de Trizidela do Vale permanecia em suas casas, que só podia deixar em botes, mas outras nove mil pessoas tiveram que abandonar seus lares.

Em outras cidades do Maranhão foi preciso enviar a Polícia para evitar saques em casas abandonadas.

Das 180 mil pessoas que tiveram que deixar seus lares, cerca de 65 mil são do Maranhão, estado que apresenta a situação mais crítica.

As chuvas castigaram com força os estados do Ceará, Maranhão, Amazonas, Bahia, Alagoas, Paraíba, Pernambuco, Santa Catarina, Piauí, Rio Grande do Norte e Pará.

Segundo fontes oficiais, as perdas econômicas causadas pelas chuvas, que em algumas regiões do país são as maiores registradas desde meados da década de 50, são superiores a R$ 1 bilhão.

Leia mais sobre: chuvas

    Leia tudo sobre: chuvasnordeste

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG