As buscas por desaparecidos no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, foram retomadas na manhã de hoje, depois que a chuva que havia voltado a atingir a região deu uma trégua. Ontem, as operações de resgate de vítimas haviam sido suspensas depois que uma forte chuva caiu em toda a região de Navegantes e no Morro do Baú, locais que ainda registram deslizamentos no Vale do Itajaí.

Os helicópteros da Força Aérea foram proibidos de pousar na área de cerca de 100 quilômetros quadrados. A Defesa Civil do Estado de Santa Catarina prevê mais chuvas para a região nesta semana, por conta da formação de uma frente fria no sul do Brasil, mas desta vez atingindo todo o Estado, inclusive o oeste, onde não chove há quase duas semanas na maioria dos municípios.

Em nota divulgada hoje, o órgão informou que a entrega de doações aos municípios afetados já é realizada por via terrestre, de acordo com as condições das estradas. Segundo a Defesa Civil, as principais necessidades, no momento, são colchões, lençóis e travesseiros.

O órgão recomenda que as doações sejam feitas em dinheiro, por meio das contas bancárias disponíveis, para que o material seja comprado. Caso contrário, a indicação é que os donativos sejam entregues na Defesa Civil Municipal.

O número de mortes causadas pela chuva já chega a 110, segundo o último balanço atualizado pela Defesa Civil. Pelo menos 78.707 pessoas continuam desabrigadas e desalojadas, sendo 27.410 desabrigados e 51.297 desalojados. São 19 desaparecidos confirmados. Ao todo, mais de 1,5 milhão de pessoas foram afetas pelas chuvas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.