SÃO PAULO - Pancadas de chuva que atingiram a capital paulista na tarde desta quarta-feira deixaram toda a capital paulista em estado de atenção entre 16h e 20h, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). A cidade chegou a registrar 54 pontos de alagamento, sendo 14 pontos intransitáveis.

O aeroporto de Congonhas ficou fechado para pousos e decolagens entre 18h45 e 19h33. O aeroporto de Cumbica opera com auxílio de equipamentos.

Um alagamento interditou totalmente a Avenida 23 de Maio, sentido Congonhas, na altura do Viaduto Euclides Figueiredo, pouco antes do Túnel Anhangabaú.

As marginais também ficaram com dois pontos críticos intransitáveis. A pista local da Marginal do Tietê ficou totalmente interditadas na altura da Ponte Atílio Fontana, enquanto a Marginal do Pinheiros tinha uma faixa interditadas, sentido Castello Branco, na altura da Rua do Sumidouro.


Pedestres enfrentam a água no bairro da Lapa / Foto: AE

A chuva atingiu principalmente os bairros do Ipiranga e Vila Mariana. Em São Miguel Paulista, Itaim Paulista e Itaquera, a chuva também foi forte. Choveu moderado com pontos fortes no bairros de Perus e Anhanguera, na zona norte.

A Rua Turiassu também ficou interditada por um alagamento, nas três faixas do sentido bairro. Já a Avenida Cruzeiro do Sul teve um ponto de alagamento que interdita as faixas do sentido Ipiranga, da Avenida Zaki Narchi até o Metrô Santana.


Chuva alaga Rua Amauri, na zona sul, reduto de restaurantes sofisticados de São Paulo e onde fica também a sede do iG / Foto: Mariana Castro

As áreas de chuva seguiram em direção ao litoral e Baixada Santista, e de acordo com os meteorologistas do CGE, por conta da chegada da frente fria, que continua avançando em direção ao Sudeste e organiza muitas áreas de instabilidade a partir do interior do Estado de São Paulo.


Chuva alaga viaduto Comandante Taylor no Ipiranga / Foto: Futura Press

Na quinta-feira, com a frente fria sobre o Estado, o tempo permanece instável e com chuva moderada e intermitente ao longo do dia. A maior quantidade de nuvens não deixa as temperaturas subirem muito quanto às registradas nos últimos dias. A previsão é de que a máxima não deva ultrapassar os 25ºC na capital paulista.

As informações são do CGE.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.