As chuvas que atingem o Rio Grande do Sul desde domingo provocaram estragos em 46 municípios e deixaram 20 trechos de 16 rodovias interditados, de acordo com balanço da Defesa Civil do Estado divulgado nesta quarta-feira.


Nas 46 cidades, o número de desabrigados é de 43 pessoas e de desalojados, 584. Duas pessoas morreram. Pelo menos 530 casas foram atingidas. Dessas, 27 foram destruídas.

AE
Vista da região de Agudo, no Rio Grande do Sul, onde uma ponte teve sua estrutura danificada devido à correnteza

Vista da região de Agudo, onde uma ponte teve sua estrutura danificada

Queda de ponte

Em Agudo, onde desabou a ponte RSC-287 sobre o Rio Jacuí, cerca de cinco pessoas continuam desaparecidas. A ponte liga Montenegro a Santa Maria. Equipes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros trabalham nas buscas desde as primeiras horas desta manhã.

Em Candelária, um dos municípios mais afetados pelas fortes chuvas desde domingo, 50 pessoas que ficaram ilhadas já foram resgatadas pelas equipes de salvamento. Em Santa Cruz do Sul, cerca de mil pessoas foram afetadas pelas cheias do Rio Pardinho. Elas foram encaminhadas para os pavilhões da Oktoberfest e para ginásios e escolas.

Na cidade de Toropi, as fortes chuvas causaram a elevação do nível do Rio Pardo, deixando diversas pessoas ilhadas. Em Nova Palma, diversas pessoas ficaram desabrigadas e foram encaminhadas ao ginásio de esportes.

AE
Vista da região de Agudo, no Rio Grande do Sul, onde uma ponte teve sua estrutura danificada devido à correnteza

Ponte no Rio Jacuí teve sua estrutura danificada devido à correnteza



Rodovias

Pelo menos 20 trechos de 16 rodovias estaduais estão interditadas, parcial ou totalmente, devido a alagamentos ou quedas de barreiras na pista, segundo a Defesa Civil.

Situação das rodovias estaduais:

ERS-348 (Faxinal do Soturno - Ivorá)
Situação: interditada totalmente
Caminho alternativo: ERS-348 por São João do Polêsine.

ERS-348 (Val de Serra - Ivorá)
Situação: interditada totalmente
Caminho alternativo: ERS-348 por São João do Polêsine.

ERS-348 (Dona Francisca - Agudo)
Situação: interditada em duas pontes, ambas com o nome de Ponte Seca
Caminho alternativo: ERS-149 por São João do Polêsine.

ERS-511 (Arroio Grande)
Situação: meia pista

RSC-481 (Cerro Branco do Sul - Lagoa Bonita do Sul)
Situação: interditada totalmente
Caminho alternativo: Rodovias municipais.

RSC-481 (Lagoa Bonita do Sul - Sobradinho)
Situação: interditada totalmente
Caminho alternativo: ERS-400.

ERS-431 (Acesso a Cotiporã e a Linha Colussi / Faria Lemos)
Situação: interditada preventivamente
Caminho alternativo: RSC-470 ou ERS-129.

VRS-840 (Ivoti - Lindolfo Collor)
Situação: interditada totalmente desde dezembro, aguardando tempo seco para iniciar a reconstrução de bueiro na saída de Ivoti.

VRS-858 (Linha do Rio)
Situação: interditada totalmente, próximo a Candelária
Não há caminho alternativo.

ERS-448 (Acesso a Nova Roma do Sul)
Situação: meia pista em diversos pontos da rodovia.

ERS-444 (Monte Belo - Santa Tereza)
Situação: interditada totalmente
Caminho alternativo: Rodovia municipal.

ERS-129 (Estrela - Colinas)
Situação: interditada totalmente
Caminho alternativo: ERS-130.

ERS-129 (Estrela - Bom Retiro do Sul)
Situação: interditada totalmente
Caminho alternativo: BR-386 e RSC-287.

ERS-130 (Cruzeiro do Sul - Mariante)
Situação: interditada totalmente
Caminho alternativo: RSC-287 e ERS-453.

ERS-441 (ponte sobre o Rio Carreiro)
Situação: interditada totalmente
Não há caminho alternativo.

ERS-423 (BR-386 - Progresso)
Situação: em meia pista, no km 18,3

RSC-377 (Manoel Viana - São Francisco)
Situação: meia pista no km 340

ERS-507 (Alegrete - ponte do Rio Capivari)
Situação: meia pista em diversos pontos

ERS-566 (ponte sobre Arroio Jacaraí, km 15)
Situação: interditada totalmente
Caminho alternativo: ERS-507.

ERS-183 (Harmonia - BR-293)
Situação: meia pista em diversos pontos

Leia mais sobre: chuvas - Agudo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.