Chuva atinge 24 cidades em Santa Catarina

Casas soteradas, ruas alagadas, aulas suspensas e serviços de energia, água e comunicação prejudicados em Santa Catarina

iG São Paulo |

As chuvas que atingem Santa Catarina desde ontem afetaram 24 municípios e 107 mil pessoas, segundo dados da Defesa Civil. As cidades de Lauro Muller, Orleans e São Martinho decretaram situação de emergência. Anitápolis e Tubarão são os municípios com maior número de desalojados, com 260 cada.

AE
Enchente causada pela chuva no município de Criciúma, no sul de Santa Catarina, nesta quarta-feira
No total, o Estado contabiliza 723 desalojados e 182 desabrigados. Um homem de 76 anos está desaparecido em Anitápolis. A casa dele foi destruída por um deslizamento de terra. Uma equipe formada por agentes da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Ambiental realizam buscas no local.

O município de Criciúma registrou alagamentos e deslizamento de terra. Uma família foi levada para um abrigo. Várias casas estão embaixo d'água e moradores recebem o auxílio dos bombeiros. A enxurrada deixou a cidade de São Bonifácio isolada. As aulas foram interrompidas e 500 crianças ficaram sem ir para a escola. Uma ponte caiu no trecho da Rodovia SC-431, sentido sul, a 10 quilômetros do centro. 

A cidade de Timbé do Sul está com 11 comunidades isoladas e 1.500 alunos sem aula. Araranguá está em alerta com a subida do nível da água do rio e o risco de ressaca no mar, que tem ondas de 2 a 3 metros. Em Forquilhinha, a equipe da Defesa Civil está auxiliando a comunidade. 

Tempo

Segundo a Defesa Civil Estadual, a chuva está diminuindo e o alerta se volta para a ressaca do mar, principalmente do litoral que vai de Florianópolis a Passo de Torres. Atividades de pesca e navegações estão desaconselhadas por causa da forte agitação marítima. 

Nas próximas 6 horas podem ocorrer chuva e raios na região de Criciúma e Tubarão. No fim da tarde e à noite, a chuva deve ser mais intensa devido ao sistema de baixa pressão no litoral sul do Estado. Os ventos de sudeste/sudoeste serão intensos, com rajadas de 50 a 70 quilômetros por hora nas regiões de Lages, Criciúma e Tubarão. 

Hoje e na madrugada de amanhã o tempo continua instável com mais nebulosidade do planalto ao litoral catarinense, com chuva persistente na região do planalto sul, do litoral sul e no sul da Grande Florianópolis.

    Leia tudo sobre: chuvaSanta Catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG