Chuva ameaça mais moradores de Atibaia e Capivari, SP

Moradores de Atibaia e Capivari, no interior de São Paulo, sofreram hoje com as consequências da chuva que castiga a região desde o fim de dezembro. Em Atibaia, a Prefeitura trabalha na remoção de 48 famílias da Vila São José.

Agência Estado |

Algumas famílias ainda resistem em sair do local, uma ocupação irregular. O município teve 500 famílias atingidas pelas chuvas desde 1º de janeiro.

Publicado na terça-feira, um decreto regulamenta o auxílio Bolsa Moradia para ajudar as famílias prejudicadas pela cheia do Rio Atibaia. Com dinheiro do Fundo Municipal de Habitação, a Defesa Civil e a Secretaria de Ação Social vão selecionar famílias que se encaixem nos critérios para receber R$ 300 ao mês, durante até seis meses, para pagar aluguel fora das áreas de risco.

Capivari e Campinas

Em Capivari, 420 pessoas de 11 bairros, somando as famílias que já estavam alojadas desde a enchente do fim de dezembro de 2009, ocupam abrigos da prefeitura em quatro escolas e um ginásio de esportes. Desde a madrugada de terça-feira, 41 famílias foram retiradas de suas residências.

Segundo informações oficiais da administração municipal, o nível do Rio Capivari chegou a 3,35 metros na manhã desta quinta-feira, 2,55 metros acima do nível normal. A previsão é de que a água continue subindo em continuidade das chuvas.

Embora registre pontos de alagamento com as chuvas pontuais, Campinas não apresenta uma situação crítica como as de Capivari e Atibaia. A região mais prejudicada foi a sudoeste, em bairros como Ouro Verde e Viracopos. A Defesa Civil estima que cem famílias de Campinas tenham sido atingidas pelas chuvas dos últimos dias.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG