Chuva altera circulação de trens e fecha estações no Rio

As chuvas que atingem o Rio de Janeiro desde ontem também provocaram a alteração na circulação da rede ferroviária por medida de segurança e o fechamento de algumas estações. De acordo com a SuperVia Concessionária de Transporte Ferroviário, as estações Central do Brasil, Praça da Bandeira, São Cristóvão, Maracanã e Mangueira estão fechadas temporariamente.

Agência Estado |

Além disso, todas as viagens estão com atrasos médios de 15 minutos. Segundo a empresa, as passageiros estão sendo informados das alterações pelo sistema de som das estações.
A circulação foi alterada nos ramais Deodoro, entre as estações Deodoro e São Francisco Xavier; Santa Cruz, entre as estações Santa Cruz e São Francisco Xavier; Japeri, entre Japeri e São Francisco Xavier; Belford Roxo, entre Belford Roxo e Triagem; e o Ramal Saracuruna teve a circulação suspensa.

No setor aéreo, os nove voos de ponte aérea São Paulo-Rio que deveriam sair do Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, até as 9 horas de hoje, para o Aeroporto Santos Dumont, na capital fluminense, sofreram modificações, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). O Santos Dumont permanecia fechado por volta das 9h30 para pousos e decolagens.

De acordo com a Infraero, dos nove voos previstos, três conseguiram decolar em direção ao Rio. Cinco deles partiram tendo como destino o Aeroporto Internacional Tom Jobim, que opera por instrumentos - quando o piloto necessita de equipamentos especiais para alinhar a aeronave com a pista. Um voo foi cancelado. Segundo a Infraero, a empresa aérea TAM confirmou que outros dois voos para o Rio, das 9 horas e das 9h30, também seriam cancelados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG