SÃO PAULO - A Avenida 23 de Maio enfrentou lentidão em toda sua extensão na tarde desta segunda-feira, já que as chuvas que atingiram a capital alagaram o Túnel do Anhangabaú nos dois sentidos e forçaram sua interdição às 16 horas. O sentido Zona Norte do túnel foi reaberto por volta das 18h15 e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) liberou o sentindo Zona Sul às 20h10. Às 19h10, segundo a CET, o trânsito era de 111 km na capital paulista. Às 20h30, o índice de congestionamento diminiu para 42 km.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, a quantidade de chuva que atingiu a região da Consolação sobrecarregou as galerias e o sistema de drenagem, causando o alagamento do túnel. Foram 73 mm de chuva na área - cerca de um terço do esperado para toda a cidade no mês de janeiro (239 mm). O índice geral da cidade foi de 20,7 mm, ou 8,66% da média prevista para o mês.

Outra causa de lentidão na 23 de Maio foi o desmoronamento de um muro sobre três carros na altura do Viaduto Jaceguai, na altura do acesso à Ligação Leste-Oeste.

O desmoronamento ocorreu durante as fortes chuvas que atingiram a capital de São Paulo durante duas horas na tarde desta segunda-feira. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) de São Paulo revogou o estado de atenção em toda a cidade às 17h30.

A cidade chegou a ter 51 pontos de alagamento, com árvores interditando grandes avenidas, bairros sem iluminação, dezenas de faróis apagados e paralisação da Linha Azul (norte-sul) do metrô durante uma hora.

AE
Congestionamento na 23 de maio

Congestionamento na 23 de maio

No Tatuapé, houve o desabamento do teto do centro operacional do Banco Itaú no Tatuapé, zona leste. Segundo a assessoria de imprensa do banco, o prédio era antigo e o teto desabou por causa de uma infiltração. Ninguém se feriu no incidente.
Na zona oeste de São Paulo, em Perdizes, a rua João Ramalho alagou entre a rua Monte Alegre e a rua Cardoso de Almeida.

Chuva alaga rua em Perdizes nesta tarde / Foto: Mariana Osone
O aeroporto de Congonhas, na zona sul, sofreu rajadas de vento de 86 km/h e fechou das 13h10 às 13h45 para pousos e decolagens. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), até às 15 horas, dos 137 voos de Congonhas, 25 tiveram atraso de mais de 30 minutos e outros sete foram cancelados.
Houve também quedas de árvores. Uma caiu perto das estações Armênia e Tiradentes e interrompeu por volta das 15h30 a circulação de trens no sentido Tucuruvi da Linha 1 (Azul) do Metrô. Às 16h32, a árvore foi retirada e a circulação foi normalizada.
Na região central, segundo a CET, um série de árvores caíram por causa da chuva e prejudicam o tráfego. Na Avenida Rio Branco, uma árvore grande ocupa três das quatro faixas de rolamento, no sentido centro. Já na região de Santa Cecília, na Rua Conselheiro Nébias, uma árvore interrompe o fluxo de veículos. 
AE
Ônibus ficam ilhados na avenida 9 de Julho

Ônibus ficam ilhados na avenida 9 de Julho

As temperaturas subiram rapidamente na capital paulista, e em alguns bairros chegaram a 31ºC, segundo o CGE.
Com informações da Agência Estado
Leia mais sobre chuvas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.