Chuva afeta 17 cidades no RS; 4 decretam emergência

Quatro cidades já enviaram à Defesa Civil decretos de situação de emergência por causa das chuvas registradas no Rio Grande do Sul no final de semana. Os registros de vento e granizo que acompanharam as chuvas multiplicaram problemas em vários pontos do Estado.

Agência Estado |

A Defesa Civil estima que 45 mil pessoas foram afetadas pelo clima, entre as quais 2,5 mi estão desabrigadas e 4 mil, desalojadas. Dezessete municípios já solicitaram auxílio à Defesa Civil. Uma pessoa morreu em Gramado.

AE
Chuva causou estragos no Rio Grande do Sul neste final de semana
A situação de emergência foi decretada, até o início da tarde de hoje, em Tabaí, Venâncio Aires, Mato Leitão e São Sebastião do Caí. No Estado, o órgão contabiliza 4 mil residências danificadas.

O 8º Distrito de Meteorologia espera queda acentuada da temperatura entre hoje e amanhã, quando as chuvas devem diminuir no Estado. No espaço de 24 horas, até a manhã de hoje, os maiores volumes de chuva foram registrados em Passo Fundo (102,8 mm), Cambará do Sul (100,6 mm), Campo Bom (84,2 mm), São José dos Ausentes (83 mm), Bom Jesus (82,1 mm), Canela (81,8 mm) e Lagoa Vermelha (81,6 mm), informou o coordenador do 8º Distrito, Solismar Prestes.

Segundo a Defesa Civil, três equipes do Corpo de Bombeiros, em parceria com a Brigada Militar, continuam as buscas pelas duas pessoas desaparecidas na área da Barragem do Salto, entre os municípios de Gramado, São Francisco de Paula e Canela. Uma pessoa morreu.

Até o fim desta manhã, a Defesa Civil do Estado havia encaminhado 2,8 mil telhas ao município de Herval, 2 mil telhas a Santa Cruz do Sul e 600 unidades a São Francisco de Paula. Além do envio de telhas, o órgão havia destinado 150 kits, com colchões, para Igrejinha, e rolos de lona plástica para Herval e Candiota.

Leia também:

Leia mais sobre: chuva

    Leia tudo sobre: chuva

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG