Chris Brown anuncia turnê, e Rihanna lança novo single

LOS ANGELES (Reuters) - O cantor de R&B Chris Brown anunciou na noite de terça-feira uma turnê de um mês de duração de apreciação dos fãs, e no mesmo dia sua ex-namorada Rihanna lançou um novo single visto por alguns como evocação do relacionamento turbulento que tiveram. Tanto o single de Rihanna, Russian Roulette, quanto o anúncio da turnê de Brown foram os primeiros feitos por cada um desde que o relacionamento deles chegou a um fim violento, em fevereiro.

Reuters |

Chris Brown, de 20 anos, foi sentenciado em agosto a cinco anos de liberdade condicional e serviço comunitário por ter agredido Rihanna, de 21, na véspera da entrega dos prêmios Grammy, em fevereiro. Desde então, ele pediu desculpas publicamente pela agressão, mas vem se mantendo longe das atenções da mídia.

A gravadora de Brown, Jive, disse que o cantor de "Kiss Kiss" vai apresentar-se em locais pequenos em 19 cidades norte-americanas, começando por Houston, Texas, em 14 de novembro.

A gravadora descreveu a turnê como sendo "de apreciação dos fãs" e disse que a intenção é agradecer aos fãs pelo apoio recebido.

Uma parte da renda da turnê será doada a uma entidade beneficente de Los Angeles chamada Jenesse Center que faz intervenções em situações de violência doméstica, além de uma organização chamada Best Buddies International (Melhores Amigos Internacional) que promove amizades e empregos de pessoas portadoras de deficiências de desenvolvimento.

O novo single de Brown, "I Can Transforma Ya", foi lançado no final de setembro.

O primeiro single do próximo álbum de Rihanna, "Rated R", a sair pelo selo rival Def Jam Records, conta a história de uma mulher confrontada com uma brincadeira de roleta russa.

"Você pode ver através de meu peito / que estou apavorada / mas não vou partir / sei que preciso passar por esse teste / portanto aperte o gatilho simplesmente", diz parte da letra.

A Rolling Stone.com descreveu o single como "balada sombria" que termina com um disparo e "no qual Rihanna parece estar cantando sobre suportar um relacionamento turbulento."

Brown e Rihanna estavam entre os artistas de R&B em mais rápida ascensão nos EUA antes da agressão, que levou Brown a perder vários contratos de patrocínio comercial e desencadeou uma discussão nacional sobre relacionamentos violentos.

(Reportagem de Jill Serjeant)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG