Choque de ordem nas praias cariocas vai banir churrasquinho no verão

RIO DE JANEIRO ¿ O verão está chegando e a Secretaria Especial de Ordem Pública (Seop) preparou uma versão da Operação Choque de Ordem para as praias na estação mais quente do ano. A ação, prevista para começar em 1º de dezembro, irá coibir barracas e ambulantes não cadastrados, além de partidas de frescobol próximas ao mar.

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

Queremos um verão de cara nova, com praias mais organizadas e limpas, avalia o secretário Rodrigo Bethlem. Vamos poder assegurar a qualidade daquilo que está sendo vendido nas areias. Por isso, não serão tolerados alimentos não industrializados ou feitos na hora e em palitos, como queijo coalho, camarão frito e churrasquinho.

J.P. Engelbrecht

Ambulantes com novas barracas instaladas pela Seop

De acordo com a Seop, cerca de 400 homens, entre guardas municipais e agentes de controle urbano, vão atuar na fiscalização. O efetivo ficará dividido em quatro regiões, uma que vai do Flamengo à Praia Vermelha, outra do Leme à Copacabana, uma do Arpoador a São Conrado e a última da Barra da Tijuca à Praia da Macumba.

Para facilitar a organização, a secretaria irá instalar 774 barracas ao longo da orla para os ambulantes fixos, que usarão uniformes padronizados e caixas isotérmicas no lugar de isopores. Segundo a Seop, somente as áreas consideradas de proteção ambiental, como as praias do Diabo, Reserva, Grumari e parte da Prainha, não terão barracas. Os ambulantes não-fixos estão sendo cadastrados pela prefeitura e também serão fiscalizados.

Em relação às partidas de frescobol e altinho (jogo com bola de futebol), a secretaria informa que as práticas à beira mar só estarão liberadas após as 17h. Fora deste horário, as partidas ficarão limitadas à faixa de areia próxima ao calçadão. Se a norma não for respeitada, raquetes e bolas serão apreendidos e o banhista poderá ser levado à delegacia por crime de desobediência.

A prefeitura não quer impedir que as pessoas joguem frescobol ou bola nas praias, mas que façam isso nas áreas destinadas para tal, a fim de que outras pessoas tenham seu espaço respeitado e que a convivência possa ser a mais pacífica possível nas areias, disse o prefeito Eduardo Paes.

AE

Praia de Ipanema no último final de semana

Leia mais sobre: Verão - praia

    Leia tudo sobre: praia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG