Choque de ordem apreende 40 toneladas de materiais irregulares no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO ¿ No terceiro dia da operação de combate à desordem urbana, a Secretaria Especial de Ordem Pública, da Prefeitura do Rio, apreendeu nesta quarta-feira 40 toneladas de materiais e alimentos que estavam armazenados em um depósito irregular no Flamengo, zona sul da cidade. Segundo a secretaria, parte dos alimentos aprendidos estava estragada.

Redação |

Acordo Ortográfico

Os fiscais da Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização (CLF) encontraram o galpão no número 65 da rua Dois de Dezembro. O local era utilizado como estoque por ambulantes irregulares que atuavam no Aterro do Flamengo e em outras áreas do bairro. Entre o material apreendido, além de alimentos perecíveis, havia cadeiras, mesas, freezers, carrocinhas e espreguiçadeiras de praia.

A operação de choque de ordem pública acontece nesta quarta-feira nos bairros do Flamengo, Catete, Botafogo, Largo do Machado e Glória. As ações contam com o apoio de guardas municipais, policiais militares e civis, agentes da CET-Rio, garis da Comlurb e profissionais da Fundação da Infância e da Adolescência.

AE

Guardas municipais e garis recolhem mercadorias de uma feira popular no Rio de Janeiro

Ordem pública

Ontem, a operação de combate à desordem urbana reprimiu peças publicitárias ilegais e irregulares espalhadas por Botafogo , na zona sul. No bairro, 30 outdoors que desrespeitavam as normas de licença de uso do espaço foram notificados com adesivos que constatam a irregularidade.

De acordo com o subsecretário de fiscalização da Prefeitura do Rio, Luiz Medeiros, já foram identificados em toda a cidade mais de 2.500 engenhos publicitários em situação irregular ou ilegal, mas esse número pode chegar a 5 mil. 

Zulmair Rocha/Divulgação

Cerca de 30 outdoors estão irregulares em Botafogo, segundo a Prefeitura do Rio

As ações de ordem pública foram realizadas ainda em outros cinco bairros: Centro, Barra da Tijuca, na zona oeste, Copacabana e Ipanema, zona sul, e Tijuca, zona norte. Nesses locais, os fiscais multaram 237 veículos e rebocaram outros 56. Nas operações, também foram apreendidos 22 moradores de rua, entre eles, menores de idade.

Na segunda-feira, primeiro dia da operação de choque de ordem pública, foram demolidas no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste da cidade, 34 construções irregulares , entre elas, um imóvel clandestino de quatro andares na Estrada do Pontal.

AE

Retroescavadeira destrói imóvel construído irregularmente no Recreio dos Bandeirantes

O secretário municipal de Ordem Pública, Rodrigo Bethlem, responsável pela iniciativa, disse que a prefeitura não fará milagres, mas que será intransigente com a informalidade e a ilegalidade.

Nós vamos estar na rua permanentemente, atuando de forma extensiva para viabilizar a cidade do Rio de Janeiro. Sem ordem não dá. É impossível viver em uma cidade em que as leis não são respeitadas, afirmou.

Veja também:

Leia mais sobre: choque de ordem

    Leia tudo sobre: eduardo paesordem publicaordem urbanariorio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG