reajuste da verba de gabinete para os deputados. Ele anunciou, na quarta-feira, o aumento de R$ 50.815,62 para R$ 60 mil no valor mensal recebido por cada gabinete. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/chinaglia_rebate_critica_a_aumento_de_verba_de_gabinete_1276979.html target=_blankChinaglia rebate crítica a aumento de verba de gabinete" / reajuste da verba de gabinete para os deputados. Ele anunciou, na quarta-feira, o aumento de R$ 50.815,62 para R$ 60 mil no valor mensal recebido por cada gabinete. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/chinaglia_rebate_critica_a_aumento_de_verba_de_gabinete_1276979.html target=_blankChinaglia rebate crítica a aumento de verba de gabinete" /

Chinaglia se diz tranqüilo com aumento para deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), voltou a defender neste sábado, 19, o http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/16/camara_eleva_em_r_9_mil_verba_de_gabinete_de_deputado_1275295.html target=_blankreajuste da verba de gabinete para os deputados. Ele anunciou, na quarta-feira, o aumento de R$ 50.815,62 para R$ 60 mil no valor mensal recebido por cada gabinete. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/chinaglia_rebate_critica_a_aumento_de_verba_de_gabinete_1276979.html target=_blankChinaglia rebate crítica a aumento de verba de gabinete

Agência Estado |

"Estou bastante tranqüilo quanto a isso", afirma. "Estamos falando dos salários dos funcionários que trabalham nos gabinetes, não dos recebimentos dos deputados. Eles não eram reajustados desde 2006."

De acordo com Chinaglia, os reajustes compensam a inflação no período e dão aumento real de 2,9% aos funcionários dos gabinetes. "É um aumento real menor do que o oferecido à maioria dos funcionários públicos", diz. "É tão justo que nem a oposição reclamou da medida - tirando o PSTU. Os militares, por exemplo, estão pleiteando 3% de aumento real, neste momento."

Chinaglia participa hoje da sétima edição do Fórum Empresarial, evento organizado pelo o Lide - Grupo de Líderes Empresariais, reúne entre sexta-feira e domingo, cerca de 320 empresários e presidentes de multinacionais, dois ministros - Orlando Silva, dos Esportes, e Fernando Haddad, da Educação, oito governadores de Estado (AL, BA, PB, PE, PI, RR, RS, SC e SE), o presidente do Congresso, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN) e diversos políticos, na Ilha de Comandatuba, município de Una (BA), 552 quilômetros ao sul de Salvador.

Leia mais sobre: Chinaglia

    Leia tudo sobre: chinaglia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG