Tamanho do texto

O presidente da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse hoje que a Medida Provisória (MP) 443 - que permite ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal comprarem participação em outros bancos - deverá ser votada na próxima quarta-feira, dia 5 de novembro. Pretendemos concluir a votação no mesmo dia, disse o deputado.

Chinaglia observou que, antes de votar a MP 443, o plenário da Câmara deverá concluir a votação dos destaques apresentados ao projeto de lei que cria o Fundo Soberano do Brasil. Na manhã de hoje, foram votados e derrubados dois destaques da oposição a essa MP. Para terça-feira, está prevista a votação de outros quatro destaques de oposicionistas.