Chinaglia marca nova reunião sobre votação para amanhã

O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), convocou nova reunião de líderes para amanhã na tentativa de chegar a um acordo de procedimento nas votações do plenário. Cinco medidas provisórias já trancam a pauta da Casa e, em curto prazo, outras duas MPs e um projeto de lei em regime de urgência vão obstruir os trabalhos.

Agência Estado |

Sem entendimento, apenas MPs deverão ser votadas até o início do recesso em 18 de julho, sem chance de abertura de uma "janela" para votação de outros projetos de interesse do Legislativo.

No centro da tentativa de acordo está a votação do último ponto do projeto que cria a Contribuição Social para a Saúde (CSS). A oposição quer adiar a votação para mais próximo das eleições, na expectativa de aumentar as dificuldades de aprovação da proposta. Por isso, a oposição evita destrancar a pauta obstruída por MPs.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG