Chinaglia: deputado que faltar terá desconto no salário

O deputado que faltar às sessões de votação desta semana terá desconto em seu salário. O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), reafirmou que não haverá abono de faltas por causa da tradicional festa junina no Nordeste nem por causa da realização de convenções partidárias para escolha dos candidatos à prefeito, cujo prazo termina no próximo final de semana.

Agência Estado |

"Vai ter falta. É inapelável", afirmou Chinaglia.

Ao contrário do Senado, que adotou um recesso branco, a Câmara terá pauta de votação. Para evitar dúvidas, Chinaglia enviou na quinta-feira passada telegramas a todos os deputados avisando que haverá sessão de votação, quando as faltas têm efeito nos salários, na terça, quarta e quinta-feira. "Não me cabe subordinar o regimento da Casa à manifestação cultural, que eu respeito. Todos nós pagamos um preço e temos de fazer escolha", disse Chinaglia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG