Tamanho do texto

BRASÍLIA - O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), afastou uma das cerimonialistas da Casa de suas funções. Ela teria sido a responsável por adicionar o nome José ao do presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), num cartão lido por Chinaglia durante evento realizado nesta quarta-feira, no Palácio do Planalto, em homenagem aos 20 anos da Constituição Federal.

Acordo Ortográfico "Ela não exercia função de cerimonial na antiga gestão. Ela exercia função de recepção", explicou Chinaglia.

"Ela vai voltar para uma função mais adequada a ela. O próprio presidente do Senado se incomodou [com a troca de nomes], isso não pode acontecer", completou o presidente da Câmara.

Leia mais sobre: Senado