Chinaglia apóia crítica de Mendes ao excesso de MPs

O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse hoje ter ficado muito satisfeito com o discurso de posse do novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, no qual criticou o uso excessivo de medidas provisórias (MPs). Como está, não dá para ficar, desabafou, logo após a solenidade da posse, reafirmando seu apoio ao projeto em tramitação na Câmara que modifica o rito de edição das MPs.

Agência Estado |

Chinaglia lembrou que no início dos trabalhos legislativos desse ano 20 medidas provisórias trancavam a pauta da Câmara. "Nunca na história do Legislativo vimos uma situação como essa", declarou, ao lembrar que o acúmulo de MPs no início do ano foi gerado pelas negociações frustradas para a prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) no ano passado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG