China censura internet e TV estrangeiras no aniversário da Paz Celestial

A China censura nesta quarta-feira as informações sobre a repressão do movimento democrático na Praça Tiananment (Praça da Paz Celestial) há 20 anos, na madrugada de 3 para 4 de junho de 1989, medida que afeta a internet e os sinais de canais de TV estrangeiros captados no país.

AFP |

Os internautas chineses não conseguem acessar nesta quarta-feira vários serviços da Microsoft, como a nova ferramenta de buscas Bing e o serviço de e-mail Hotmail, assim como a rede social Twitter.

O Google, com fotos da repressão, ainda era acessado.

O bloqueio provocou discussões nos fóruns virtuais especializados, onde os acontecimentos de 1989 são mencionados com indiretas e jogos de palavras.

Os canais estrangeiros, exibidos na TV a cabo a um público bastante reduzido, também sofriam censura, com a tela escura no caso da CNN ou da BBC quando citavam os os acontecimentos de 1989.

frb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG