A cantora Madonna, ao passar pelo País com sua turnê no final do ano passado, chamou mais uma vez a atenção para sua forma física. Bracinhos e pernocas definidos, a rainha pop lembra aqueles bonequinhos de super-herói, com suas coxas superdimensionadas e braços marcados.

Ninguém se espantaria com qualidade física, uma vez que é pública e notória a paixão da musa pelos exercícios físicos, não fosse a idade da fofa. Mas, segundo especialistas, chegar aos 50 anos como ela é possível.

"É. Uma pessoa que tenha o tempo que ela tem para se dedicar ao físico, uma alimentação perfeita e genes sem tendência à obesidade e com facilidade para ganhar massa muscular, é capaz de ter naturalmente uma musculatura daquelas", acredita o nutrólogo Tiago Volpi, especialista em medicina esportiva.

No olhômetro, ele imagina que Madonna deva ter em torno de 12% de gordura corporal, índice só alcançado por atletas de alto nível e obtido com, pelo menos, duas a três horas de treino diárias. O porcentual de gordura baixo reduz, no entanto, a forma feminina do corpo.

Para a professora de pilates Inélia Garcia, não só é possível chegar aos 50 como a Madonna, como é normal. "Uma pessoa que trabalha com condicionamento físico sistemático, de maneira continuada, o aspecto funcional primeiro e depois o estético, será capaz de atingir essa meta", diz. Segundo Inélia, Madonna treinava Pilates em Nova York com Romana Kryzanowska, primeira na linha sucessória dos ensinamentos de Joseph Humbertus Pilates.

A musculatura alongada, forte, seca é, segundo Inélia, resultado do tipo de exercício que Madonna pratica, o pilates e a ioga. "A musculação a deixaria com outra estética." Para o personal trainer José Alexandre Filho, corpos com esse nível têm, em média, dez anos de treino.

AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.