A Polícia Federal (PF) já prendeu na manhã de hoje 50 suspeitos de envolvimento com o tráfico internacional de drogas no Rio Grande do Sul. Dois deles são policias militares, informou a corporação, que comanda a Operação Castelo.

Cerca de 150 agentes estão cumprindo 60 mandados de busca e apreensão e 68 de prisão preventiva em Pelotas, Jaguarão e região metropolitana de Porto Alegre.

Durante as investigações foram identificadas dez quadrilhas de traficantes de drogas que negociavam mensalmente aproximadamente 100 quilos de cocaína na forma de crack. De acordo com a PF, a droga, de procedência boliviana, ingressava no Brasil através do Paraguai e era transportada até a região metropolitana da capital gaúcha, de onde era distribuída para Pelotas.

Os crimes investigados foram comprovados por meio de 18 flagrantes que resultaram na apreensão de aproximadamente 40 quilos de crack, além de veículos e dinheiro. Durante uma apreensão realizada em 10 de agosto, os policiais encontraram R$ 270 mil pertencentes à organização.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.