Tamanho do texto

Mais dois vereadores do Estado de São Paulo tiveram os mandatos cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por infidelidade partidária. Com esses, chega a 24 o número de vereadores que perderam o cargo no Estado por terem trocado de partido sem motivo que o TRE considerasse justo.

O vereador Sérgio Alves Ferreira (PT), de Tapiraí, na região de Sorocaba, foi cassado porque o tribunal considerou que ele mudou de legenda partido sem razão que justificasse a saída.

Ferreira foi eleito em 2004 pelo PPS e, em 2007, mudou para o PT. Ele informou que a defesa dele prepara o recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Também foi cassada por infidelidade a vereadora Miria Rosa de Souza, de Suzanópolis, que trocou o DEM pelo PDT. Rosa também deve recorrer ao TSE.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.