Policiais militares do 4º BPM (São Cristóvão) prenderam no início da madrugada desta sexta-feira o traficante Marcelo Ricardo Pereira, de 36 anos, vulgo ¿Boto¿. De acordo com a PM, ele é apontado como o chefe do tráfico de drogas no Morro do Tuiuti, em São Cristóvão, zona norte do Rio de Janeiro.

O traficante também é suspeito de ser um dos mandantes de uma série de ataques que ocorreram na cidade do Rio e deixaram pelo menos 19 mortos e 34 feridos nos últimos dias de dezembro de 2006.

Boto foi preso durante um patrulhamento de rotina na Rua Marechal Jardim, próximo a um dos acessos ao Tuiuti. Ele foi abordado por policiais enquanto dirigia um Palio Weekend que havia sido roubado no bairro da Tijuca, também na zona norte.

O traficante foi levado para a 19ª DP (Tijuca), que registrou a ocorrência. Com Boto foi apreendida uma pistola Glock 40 mm com numeração raspada. Marcelo tinha contra ele um mandão de prisão expedido em 2007 por tráfico de drogas. Ele foi autuado por receptação e porte ilegal de arma.

Entre as ações de 2006 atribuídas a Boto está o ataque a um ônibus da Viação Itapemirim, que partiu de Vitória (ES) para São Paulo. O veículo com 28 pessoas foi incendiado na Avenida Brasil.

Oito passageiros morreram e sete ficaram feridos, entre eles a modelo Bia Furtado, que teve 45% do corpo queimado, passou por dez cirurgias e seis enxertos de pele.

*com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: tráfico de drogas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.