O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, teve uma recepção de estrela de cinema no Festival de Veneza. Ele chegou hoje e desfilou no tapete vermelho ao lado do diretor Oliver Stone para a estreia do documentário South of the Border, uma incursão pelos países latino-americanos governados pela esquerda, em especial, a Venezuela.

A segurança no lado externo do Casino foi reforçada com a polícia armada checando bolsas. Milhares de admiradores saudaram o líder venezuelano. Chávez lançou uma flor para a multidão e tocou seu coração. Em um ponto, ele pegou uma câmera de um fotógrafo para tirar uma foto.

Stone diz que seu novo documentário "South of the Border" tem como objetivo ilustrar mudanças positivas que varreram a América do Sul nos últimos anos e refutar os ataques contra Chávez pela mídia americana. Segundo o diretor, a motivação do seu trabalho não foi baseada apenas nos "ataques ridículos da imprensa (americana) contra Chávez", mas porque "Chávez é um grande fenômeno, protagonista de mudanças positivas em seu país".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.