Chapa liderada por Serra teria mais chance, mostra pesquisa CNT/Sensus

Uma chapa pura do PSDB, encabeçada pelo governador de São Paulo, José Serra, e tendo como vice o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, teria mais potencial de votos do que uma chapa também puro-sangue, mas liderada por Aécio e com Serra de vice.

Agência Estado |

De acordo com a pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta segunda-feira, a chapa Serra-Aécio ficaria à frente das demais no primeiro turno, com 35,8% das intenções de voto.

Em seguida aparece a chapa liderada pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), com o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), de vice, com 23,9%.

Já uma chapa liderada por Ciro Gomes (PSB-CE) e tendo como vice o ministro do Trabalho, Carlos Lupi (PDT-RJ), teria 16,1% das intenções de voto, segundo o levantamento. Em quarto lugar, ficaria a chapa do PV, liderada pela senadora Marina Silva (AC) e tendo como vice o executivo da Natura Guilherme Peirão Leal, com 5,2%.

Em um segundo cenário, com Aécio encabeçando a chapa tucana e tendo Serra como vice, a candidatura puro-sangue do PSDB teria 31% das intenções de voto, enquanto Dilma-Temer ficaria com 22,6%, e Ciro-Lupi com 18,1%.

A chapa Marina-Leal teria 5,3%. Num terceiro cenário, no qual o vice de Aécio seria Ciro Gomes, esta chapa teria 32,4% das intenções de voto, enquanto Dilma-Temer ficaria com 26,6% e Marina-Leal, com 8,3%.

Leia também:

    Leia tudo sobre: cnteleições 2010pesquisa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG