RECIFE (Reuters) - As chances de encontrar sobreviventes do acidente com o Airbus que fazia o voo AF 447 são ínfimas, disse o diretor do Departamento de Controle do Espaço Aéreo da Força Aérea Brasileira (FAB) nesta sexta-feira. A probabilidade de encontrar sobreviventes é ínfima, afirmou o brigadeiro Ramon Borges Cardoso a jornalistas no Recife, onde estão centralizados os esforços de buscas pela aeronave.

O Airbus A330, que fazia a rota Rio de Janeiro-Paris, desapareceu com 228 pessoas a bordo no domingo. Segundo a empresa, o avião levava 216 passageiros, sendo 58 brasileiros, e 12 tripulantes, um deles também brasileiro.

(Reportagem de Fernando Exman)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.