Um dia depois de um fim de semana trágico na capital baiana - que teve duas chacinas, com oito mortes, e outros 16 homicídios -, o governo baiano afirmou que a escalada do número de assassinatos em Salvador é reflexo da retirada de circulação de líderes do tráfego em decorrência de operações policiais. O trabalho de inteligência que a polícia vem desenvolvendo, que resultou na retirada de circulação de bandidos considerados de alta periculosidade, contribuiu para acirrar os duelos por pontos de venda de narcóticos, disse o secretário de Segurança Pública, César Nunes.

De acordo com ele, a morte de um dos líderes do tráfico na Bahia, Éberson Souza Santos, o Pitty , em agosto do ano passado, e a transferência realizada no mês passado de seu maior rival, Genilson Lino da Silva, o Perna , que comandava o comércio de entorpecentes de dentro da Penitenciária Lemos Brito, para a Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná, deflagrou "uma guerra entre traficantes de segundo e terceiro escalões" na cidade. "Vamos desarticular esses novos grupos seguindo o trabalho de inteligência policial", afirmou.

As declarações foram dadas hoje durante apresentação, feita pelo governador, Jaques Wagner (PT), do novo modelo dos carros e motos policiais no Estado e entregou 201 veículos às Polícias Civil e Militar. Os automóveis das duas corporações são padronizados nas cores azul, prata e branco, o que, para Wagner, simboliza o início da integração entre as polícias. "Vamos entregar mais 41 viaturas ainda este ano", disse o governador.

"A segurança pública é prioridade. Estamos trabalhando para reequipar as polícias e compensar as perdas de profissionais e de equipamentos que ocorreram nos últimos 12 anos e que não foram repostos." O governador também anunciou a incorporação de 3,2 mil novos policiais militares, a nomeação de 161 novos agentes e escrivães da Polícia Civil e a realização de um novo concurso público para aumentar o efetivo - ainda sem data definida. O contingente anunciado começa a trabalhar em outubro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.