CET: após Rodoanel, lentidão na Bandeirantes cai 75%

A Avenida dos Bandeirantes, na zona sul da capital paulista, viveu situação inusitada ontem. No horário de pico da tarde, houve oscilação de períodos com pistas desertas e outros com filas de 3 quilômetros - metade da extensão da via.

Agência Estado |

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o índice de congestionamento ao longo do dia foi 75% abaixo da média, reduzindo também a lentidão em toda a cidade.

A avenida, que liga a Marginal do Pinheiros à Rodovia dos Imigrantes, é vista como a principal beneficiada com a inauguração do Trecho Sul do Rodoanel, na semana passada. Às 17 horas, não havia nenhuma fila de carros, mas alguns espaços desertos - o que, segundo especialistas, poderia ser reflexo do novo ramal do anel viário. Cerca de duas horas depois, a chuva trouxe de volta o congestionamento, com filas de até 3,3 quilômetros - mais da metade de sua extensão.

A média de congestionamento em São Paulo, entre 7 e 19 horas, foi 18,9% inferior. Às 14 horas, a queda foi superior a 50%. A partir das 17h30, a taxa voltou a subir até praticamente se igualar, às 19h30, aos níveis anteriores à inauguração do Trecho Sul do Rodoanel.

Nesse horário, a Marginal do Pinheiros registrava o maior congestionamento, com mais de 11 quilômetros de lentidão. Ela também havia sido apontada como uma das grandes beneficiadas com o novo trecho do anel viário. No balanço do dia, a Marginal do Pinheiros teve redução de 46% na lentidão e a Marginal do Tietê, 64%. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG