Centro Cultural SP homenageia José Agrippino de Paula

Um ciclo no Centro Cultural São Paulo vai fazer um retrospecto da carreira de José Agrippino de Paula, que no dia 04 completou um ano de sua morte, com exibição de todos seus filmes, documentários sobre sua vida e obra, além de mesas-redondas e debates. O evento começa hoje com a exibição do poema visual Céu Sobre Água, filme em super-8 com 20 minutos de duração.

Agência Estado |

Justamente seu último trabalho cinematográfico, rodado em 1972, em uma aldeia de pescadores da praia baiana de Arembepe.

Em seguida, será exibido um programa da Globo News em que Pedro Bial entrevistou Agrippino, um ótimo primeiro prato para quem desconhece a obra do escritor que, com apenas uma obra, PanAmérica , lançada em 1967 pela editora Tridente e hoje editada pela Edições Papagaio (com prefácio de Caetano Veloso para quem o "texto soa como a Ilíada na voz de Max Cavalera"), tornou-se referência na literatura brasileira.

"Se o tropicalismo teve Zé Celso no teatro, Gil, Caetano, Tom Zé, Torquato (e tantos outros) na música, Glauber no cinema, etc., etc., etc., teve Zé Agrippino de Paula na literatura", escreveu Mario Prata, em coluna publicada em 1997, época em que levantava a dúvida sobre seu paradeiro. Diagnosticado com um agudo caso de esquizofrenia nos anos 70, Agrippino vivia isolado na cidade de Embu desde então. Considerado incapaz pela Justiça, o artista, que chegou a perambular pelas ruas como um sem-teto, vivia sob a guarda legal de um irmão.

Até domingo, o ciclo em homenagem a Agrippino vai promover também debates na tentativa de desvendar o rico legado de um autor que sacolejou a literatura brasileira, inspirando as vanguardas que viriam em seguida. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ciclo José Agrippino de Paula - 1 ano . Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1.000. Tel. (011) 3383-3400. 3.ª a dom., a partir das 18 h. Grátis.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG